segunda-feira, 4 de junho de 2012

Jardim vertical

Quando o problema é espaço, a arquitetura trabalha para criar alternativas para elaborar um bom projeto otimizando recursos. No paisagismo, as plantas estão "subindo as paredes", diferentemente do que as trepadeiras já fazem de forma natural. Estou falando dos jardins verticais, também conhecidos por paredes verdes e painéis vegetais. O conceito permite que as plantas sejam postas nas paredes a partir de uma painel de madeira, plástico ou com blocos cerâmicos com um sistema de irrigação próprio. Muitas residências, comércios e áreas públicas já dispõem desse dispositivo prático para não perder a natureza de vista.

Imagens: decoratividade.com.br
Este jardim vertical é feito com palete. Barato e fácil de encontrar, os paletes são estruturas boas de trabalhar  na renovação de ambientes e para criar suportes de plantas. Veja como ele ocupa pouco espaço e atende muito bem a quantidade de plantas na sacada.

Imagem: studiodesignando.blogspot.com.br
Este mural foi planejado para reciclar garrafas pet. Presos por cordas (ex: de varal), arames ou barbantes, elas ficam emparelhadas na parede, com recortes para colocar terra e plantinhas.

Imagem: studiodesignando.blogspot.com.br
Para quem não saber o que fazer com as latinhas de óleo e conservas, esta é um a excelente dica. Se preferir, pode pintar as latinhas como na foto. Em muros de tijolinhos, as flores ficam lindas e destacadas. Varie nas espécies das flores, no tamanho e na cor delas. Você vai gostar.

Imagem: blogdapaisagista.blogspot.com.br
A empresa Green Wall Ceramic faz esses blocos para painéis verticais. É prático e uma inovação em tempos de um paisagismo chamativo e bonito. 

Imagem: blogdapaisagista.blogspot.com.br
Aqui, eles já estão empilhados e com a instalação hidráulica do lado para a irrigação. Assim, cada linha do mural recebe água de forma igual.

Imagem: blogdapaisagista.blogspot.com.br
Veja como ele fica pronto. Ele pode ser pintado, ficar na cor natural da cerâmica ou ser revestido com pastilhas como na foto. Muitos arquitetos e paisagistas já fazem uso desta tecnologia.

Imagem: studiodesignando.blogspot.com.br
Para espaços menores, salas e corredores, e como maneira de reutilizar o caixote de feira, este mural faz toda a diferença em uma ambiente. É importante escolher bem as plantinhas para cada tipo de clima para não perder a beleza de cada uma das espécies colocadas no mural. 

Imagem: miliauskasarquitetura.wordpress.com
Estes painéis são feios de blocos vazados. É possível fazer muros com vários formatos destes blocos vazados. 

Imagem: feijoelaguna.blogspot.com.br
Veja o sistema com blocos de concreto como funciona. 

Imagem: feijoelaguna.blogspot.com.br
Neste caso temos potes de plástico para o plantio. Veja quantos recursos podemos usar para fazer nosso jardim vertical.

Imagem: maniadearquitetar.blogspot.com.br
E se você estava pensando em jogar fora aquela sapateira que ficava atrás da porta, reutilize ela plantando seus temperos ou as plantinhas de sua preferência. Não há motivos para você não ter o seu jardim vertical e perder o melhor da natureza em sua casa, não é? Fica aí a dica!

Até mais, gente!

2 comentários:

  1. Adorei a idéia de utilizar a sapateira... ficou muito bom.

    ResponderExcluir
  2. já comecei meu jardim vertical, está ficando uma beleza

    ResponderExcluir