quinta-feira, 28 de junho de 2012

Paneleiros de teto...

Nessa fase de aproveitar tudo e dar valor às antiguidade, às coisas da vovó, os paneleiros vêm estilosamente decorando e tornando a cozinha de muita gente mais prática. No mundo dos móveis planejados, eles vieram como armários altos ou como gavetões na bancada do cooktop. Mas para não perder o foco, os de teto são de ferro, madeira ou reutilizando escadas e aros de bicicleta. Além de prática, a cozinha fica bonita com as panelas todas à mostra.

Imagem: casaspossiveis.blogspot.com.br
Olha como as panelas ficam bonitas penduradas. A cozinha fica diferente com esse toque antigo. Aproveite para dar contraste com os móveis e eletrodomésticos mais modernos.

Imagem: xicrinhagonzaga.com
Este é com aro do bike. Se a sua estragou, reutilize algumas partes para decorar sua casa. Na cozinha é um ótimo acessório, além de barato.

Imagem: elisangelainteriores.blogspot.com.br
Este eu não pude deixar passar. Veja que interessante como o paneleiro aproveita a estrutura de madeira da casa para a sua sustentação. Lindo, né? Para quem gosta de estruturas aparentes, esta é uma boa medida.

Imagem: www.housetohome.co.uk
Este paneleiro de madeira tem lâmpadas de led embutidas na estrutura. Ótimo para ilhas como esta. 

Imagem: housetohome.co.uk
Para combinar com a cozinha de madeira, o paneleiro tem o desenho curvado presente no armário e ilha. Com luzes, ele ficou mais charmoso nesta  bela cozinha ampla.
Imagem: bazarbrasil.art.br
Os paneleiros de teto não ocupam espaço e podem ter os detalhes que você quiser. Por exemplo: cabos de aço deixam o paneleiro mais moderno e as correntes deixam mais rústico. Veja este que simples, combinando com o branco predominante da cozinha. Esta é um maneira de não chamar atenção para ele.

Imagem: erinmccall.blogspot.com.br
Com jeitinho sustentável, este paneleiro é feito com uma escada. Veja que ela também funciona como prateleira em cima do balcão. 

sábado, 16 de junho de 2012

Projeto - Loft 2

Este é o projeto final do curso de decoração que comentei. Para desenvolver o projeto com os conceitos de decoração, foi preciso fazer um painel semântico, que nada mais é que um resumo do estilo de vida do cliente através de fotos, frases ou figuras recortadas de revistas. Nós arquitetos, não temos o costume de fazer painéis semânticos, apenas transformamos as informações em croquis, que são o ponto de partida de todo projeto. Para o curso apenas a planta foi desenvolvida à mão. Para ver como ficaria, fiz o projeto 3d no sketchup.


Este painel conta a vida de um jovem professor de história da arte, que gosta de cozinhar, reunir os amigos e praticar esportes nas horas vagas

Vejam como ficou o projeto: 


O móvel atrás do sofá serve para objetos de decoração, porta-retratos com as fotos das viagens do morador e para guardar as bolsas das convidadas.


Repare que um dos círculos na parede é um espelho. A parede do banheiro foi pintada de vermelho para destacar o volume na sala.


Para aproveitar bem os espaços, o escritório fica perto da escada.


Para receber os amigos, o sofá debaixo da escada abriga bem os convidados e se integra com a cozinha gourmet.


O balcão vem revestido de pastilhas de vidro vermelhas para acompanhar a paleta de cores que escolhi para este projeto. As cadeiras Ghost são um sucesso e ficam lindas em qualquer ambiente.


Esta fotinho mostra a área de serviço do lado da cozinha, apenas separada por uma parede pintada de azul.



Vista de cima da área de serviço, que tem máquina de lavar e secar empilhadas para não ocupar espaço. Outra alternativa para pequenos espaços, são as máquinas com duplas funções.


Vista de cima da cozinha, que tem a coifa do tipo Elica presa do teto do loft. Outra opção para as essas bancadas são as coifas de mesa, que são embutidas na pedra.


Vista do quarto.


 Outra vista de cima.  Na maioria dos lofts, o quarto é projetado em cima da cozinha. Meu projeto tem o quarto projeto em cima da sala; assim a cozinha pode ser vista lá de cima.


 Vista do closet.


  Vista do escritório perto da escada.

Espero que tenham gostado, comentem. Logo mostrarei outros projetos. Até mais!!!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Vintage X Retrô

Fala-se muito em Vintage e Retrô. Mas é preciso entender a diferença. O estilo Vintage é antigo, das décadas entre 1920 e 1960. Ele é originalmente colorido, as peças e os móveis tem pelo menos 20 anos e uma linguagem bem particular. Imagina! Já o Retrô é uma peça nova com as características das épocas antigas do Vintage. Entendeu? Por isso é difícil distinguir um do outro. O vintage é o antigo original e o retrô é o novo com jeitinho antigo, se é que posso dizer assim.
Mas vamos deixar de formalidades e nos divertir com os ambientes antigos, coloridos e muito explorados nas casas de hoje.
Imagem: www.fernandorigotti.com
Olha que legal esta decoração de meados dos anos 50 e 60, tipicamente americano. Gaveteiro baixo com pés, televisão antiga e cadeiras torneadas. A madeira é um material presente e de qualidade para a produção das décadas mais antigas.
Imagem: http://miscelanea9l.blogspot.com.br
Esta sala tem o piso quadriculado e estofados de cores fortes. Uma combinação excelente para o estilo vintage.
Imagem: http://miscelanea9l.blogspot.com.br
Essa é o tipo de cozinha que fica na memória da gente. Uma decoração simples, rica em história e muito atual.
Imagem: http://ligiabattezzati.blogspot.com.br
Adorei esta combinação de cores. Uma boa idéia para você que tem móveis antigos e não sabe como repaginá-los. Os móveis quando conservados deixam o ambiente mais bonito e clássico, mostrando que nem sempre o tempo é o inimigo da beleza das formas.
Imagem: http://acervodeinteriores.com.br
Veja estes móveis: linhas retas, desenhos geométricos e a pureza da madeira em formas ligeiramente torneadas. Cada época, uma expressão e hoje utilizamos dessa expressão antiga para transformar e compor nossas casas. Móveis antigos modernos ontem, hoje e quanto tempo mais for necessário.
Imagem: http://naturezafeminina.zip.net
Esta sala tem um mistura de estilos. Ela tem o estilo vintage, retrô e moderno no mesmo ambiente. O espelho na parede amplia a sala e multiplica as cores fortes dessa decoração.
Imagem: http://casadebora.blogspot.com.br
Ousar nas cores dos móveis e das paredes cria contrastes e uma combinação inusitada na decoração. Fuja das regras e coloque cadeiras diferentes na sala de jantar.
Imagem: http://decoracaofacil.com
Esta escrivaninha tem um charme só dela. Especialmente vintage, ela vem com pernas metálicas típicos da moda antiga.
Imagem:http://gifyts.com.br
O retrô vem com força principalmente em poltronas com design assinado. A escrivaninha e a mesinha de centro são as peças-chaves desta sala. Veja os pés pontiagudos dos móveis, detalhe particular dos móveis vintage.


Imagem: http://casadebora.blogspot.com.br
E quem já não viu dessas cadeiras por aí? Veja que esta sala também tem uma mistura discreta da estilos. Mesa, cadeiras e aparador lindo vintage contrastam com o abajur vermelho de vidro. Toques sutis e bem humorados para uma sala de jantar estilosa.
Imagem: http://gifyts.com.br
Uma das características do estilo retrô são os móveis baixos e largos. Nesta sala, o piso de madeira pintado de preto destaca a cor exuberante e chamativa dos móveis.
Imagem: http://www.casabrasil.com.br
Olha outra cozinha aí. Geladeira e fogão de época, esta cozinha tem uma simplicidade única reforçada pelos armários e gazetas de cores fortes. Os móveis de antigamente duravam mais, por isso ainda encontramos exemplares originais em brechós e antiquários.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Adesivo de azulejo

Uma forma bem legal de renovar seus azulejos pode ser com adesivos. Isso mesmo: adesivos de azulejos. Feitos especialmente para este tipo de revestimento, são fabricados hoje com estampas e cores variadas. Feitos em vinil ou de tecidos, os adesivos podem ser personalizados em alguma gráfica para a sua casa. Em banheiros, cozinhas e áreas de serviço, já são um sucesso e mudam a decoração de forma rápida e mais barata. Para não errar no tamanho dos desenhos, meça seus azulejos e crie lindos ambientes.

Imagem: www.decorviva.com.br
Veja esta cozinha renovada, os azulejos brancos foram revestidos com adesivos. Você pode revestir a parede toda ou algumas partes. 

Imagem: http://gostoporbomgosto.blogspot.com.br






Para as bancadas de banheiros, esta opção fica bem delicada e charmosa, não é?

Imagem: http://www.geckostickers.com.br
















Para que gosta de cor, esta composição imita alguns desenhos do ladrilho hidráulico. Deixa o ambiente bem alegre e divertido.

Imagem: http://looklegal.blogspot.com.br

Este banheiro ficou lindo. O espelho além de ampliar o banheiro, multiplica a quantidade de gravuras, permitindo que elas não sejam interrompidas por algum detalhe ou parede.
Imagem: http://www.decoracasas.com.br
Este balcão também foi renovado e recebeu adesivos com estampas variadas. Esses adesivos mostram que você não precisa retirar os azulejos para uma nova decoração.

Imagem: http://www.decoracasas.com.br
Nesta foto ampliada, o adesivo tem uma acabamento muito bom, sem rebarbas...nem parece que é azulejo. Dá pra enganar e encantar qualquer um com essas aplicações. 

Aproveite e boa sorte!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Tinta lousa...

Já ouviu falar dela? É justamente aquela tinta das lousas escolares, verdes ou pretas. Mas tem em rosa e azul. Hoje também são usadas em residências, nas paredes e armários das cozinhas, na pintura de geladeiras, em quartos e até em salas de estar.
Imagem: http://www.mundodastribos.com




Na sala de estar, a tinta lousa permite criar vários desenhos ou palavras. expor as frases preferidas nela também é um forma original de decorar sua casa.
Imagem: http://elisangelainteriores.blogspot.com.br
Em quartos de crianças, a tinta lousa é bem vinda e estimula a criatividade dos pequeninos. Colocar lembretes e até para aprender suas lições, a tinta lousa combina com o layout do quarto e e pode ser aplicada em uma parede perto da cama, escrivaninha ou do armário.

Imagem: http://estilolcomunicacao.blogspot.com.br

Para as mocinhas, a coloração pink da tinta lousa combina com a decoração do quarto. Uma forma diferente de receber recadinhos das amigas e família de foram fácil e divertida. 
Imagem: http://elisangelainteriores.blogspot.com.br
Para a cozinha, a tinta lousa pode ser aplicada em uma parede de destaque. Nela, até receitas podem ser escritas. Veja como a lousa não atrapalha no estilo moderno da casa.

Imagem: http://silviatrevisaniblog.blogspot.com.br
As geladeiras diferentes e estilizadas estão na moda. Esta foi pintada inteira com tinta lousa preta. A rusticidade das paredes de tijolinhos aparentes destacou a geladeira na cozinha. Aí, os desenhos ficam por conta da imaginação de cada um.

Imagem: http://casinhabonitinha.blogspot.com.br
Para os vasinhos de cerâmica com temperos, a tinta lousa permite escrever os nomes de cada iguaria no vasinho. 
Imagem: http://elisangelainteriores.blogspot.com.br
Para ficar perdido, esta parede vem pintada com a ilustração de um calendário. Com tons mais claros e outros mais escuros, os quadradinhos se destacam e deixam o calendário personalizado.

Imagem: http://elisangelainteriores.blogspot.com.br
E que tal transformar uma porta em mural de recados? A versatilidade da tinta faz com que possamos pintar pequenas superfícies como portas e até mesas.

Imagem: http://www.fofyshouse.com
Este corredor tem tinta lousa azul. Para quem gosta de escrever e deixar suas idéias à mostra, esta é uma maneira de fazer todo mundo ler o que você pensa. Repare que a parede toda está escrita.

A decoração nunca esteve tão aberta às transformações.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Jardim vertical

Quando o problema é espaço, a arquitetura trabalha para criar alternativas para elaborar um bom projeto otimizando recursos. No paisagismo, as plantas estão "subindo as paredes", diferentemente do que as trepadeiras já fazem de forma natural. Estou falando dos jardins verticais, também conhecidos por paredes verdes e painéis vegetais. O conceito permite que as plantas sejam postas nas paredes a partir de uma painel de madeira, plástico ou com blocos cerâmicos com um sistema de irrigação próprio. Muitas residências, comércios e áreas públicas já dispõem desse dispositivo prático para não perder a natureza de vista.

Imagens: decoratividade.com.br
Este jardim vertical é feito com palete. Barato e fácil de encontrar, os paletes são estruturas boas de trabalhar  na renovação de ambientes e para criar suportes de plantas. Veja como ele ocupa pouco espaço e atende muito bem a quantidade de plantas na sacada.

Imagem: studiodesignando.blogspot.com.br
Este mural foi planejado para reciclar garrafas pet. Presos por cordas (ex: de varal), arames ou barbantes, elas ficam emparelhadas na parede, com recortes para colocar terra e plantinhas.

Imagem: studiodesignando.blogspot.com.br
Para quem não saber o que fazer com as latinhas de óleo e conservas, esta é um a excelente dica. Se preferir, pode pintar as latinhas como na foto. Em muros de tijolinhos, as flores ficam lindas e destacadas. Varie nas espécies das flores, no tamanho e na cor delas. Você vai gostar.

Imagem: blogdapaisagista.blogspot.com.br
A empresa Green Wall Ceramic faz esses blocos para painéis verticais. É prático e uma inovação em tempos de um paisagismo chamativo e bonito. 

Imagem: blogdapaisagista.blogspot.com.br
Aqui, eles já estão empilhados e com a instalação hidráulica do lado para a irrigação. Assim, cada linha do mural recebe água de forma igual.

Imagem: blogdapaisagista.blogspot.com.br
Veja como ele fica pronto. Ele pode ser pintado, ficar na cor natural da cerâmica ou ser revestido com pastilhas como na foto. Muitos arquitetos e paisagistas já fazem uso desta tecnologia.

Imagem: studiodesignando.blogspot.com.br
Para espaços menores, salas e corredores, e como maneira de reutilizar o caixote de feira, este mural faz toda a diferença em uma ambiente. É importante escolher bem as plantinhas para cada tipo de clima para não perder a beleza de cada uma das espécies colocadas no mural. 

Imagem: miliauskasarquitetura.wordpress.com
Estes painéis são feios de blocos vazados. É possível fazer muros com vários formatos destes blocos vazados. 

Imagem: feijoelaguna.blogspot.com.br
Veja o sistema com blocos de concreto como funciona. 

Imagem: feijoelaguna.blogspot.com.br
Neste caso temos potes de plástico para o plantio. Veja quantos recursos podemos usar para fazer nosso jardim vertical.

Imagem: maniadearquitetar.blogspot.com.br
E se você estava pensando em jogar fora aquela sapateira que ficava atrás da porta, reutilize ela plantando seus temperos ou as plantinhas de sua preferência. Não há motivos para você não ter o seu jardim vertical e perder o melhor da natureza em sua casa, não é? Fica aí a dica!

Até mais, gente!